Pular para o conteúdo principal

TESTEMUNHOS E MILAGRES DE SANTO Pe. PIO DE PIETRELCINA



PADRE PIO INTERCEDE E TROCA O CÉREBRO GRAVEMENTE DOENTE POR NOVO

O doutor Francesco Fontana, tabelião de Florença, recorda que, durante uma de suas idas a San Giovanni Rotondo, o doutor Sanguinetri confiou-lhe que uma paciente sua de vinte anos, atingida por uma GRAVE DOENÇA CEREBRAL, JÁ NÃO REAGIA A MEDICAMENTOS, sendo necessário operá-la o quanto antes.

Sanguinetti ponderava se devia fazer a intervenção em Roma ou Bari. Por essa razão, decidiu consultar o Padre Pio.

O doutor Fontana e o pai da paciente o acompanharam ao convento. Ao entrar na cela do Padre Pio e relatar-lhe o caso da jovem, o capuchinho exclamou: “Ah... inspirações eu não tenho!”.

Quando escutou essas palavras, o pai da paciente começou chorar.

Visivelmente comovido, o Padre Pio incorporou-se energicamente para dizer ao idoso: “Eh... não chore! Leve-a a Bari!”

Em seguida sussurrou: “E esperemos que antes de chegar ali...”

Não disse mais nada; olhou o doutor Sanguinetti e se despediu de todos.

A paciente foi trasladada para Bari em uma ambulância. A viagem foi dramática, por causa das fortes dores de cabeça e da febre altíssima da jovem. Mas, antes de chegar a Bari, repentinamente, parou de se queixar, passando a ter um ar distendido e sereno. Pediu inclusive para levantar-se da cama, alegando sentir-se bem.

O médico obrigou-a a permanecer recostada, pensando que talvez estivesse delirando. Mas, diante da insistência da jovem, comprovou que não havia nem rastro da febre nem das dores, e que seu aspecto era também normal.

Ao chegar à clínica de Bari, o especialista submeteu a jovem a todos os exames pertinentes, após os quais CONCLUIU. DESCONCERTADO: “NÃO ENTENDO POR QUE A TROUXERAM AQUI; NÃO APENAS ESSE ÓRGÃO ESTÁ PERFEITO COMO NUNCA ESTEVE DOENTE”.

No dia seguinte, os doutores Sanguinetti e Fontana coataram ao Padre Pio o que ocorrera, brincando e lamentando ao mesmo tempo por terem ficado em maus lençóis com o médico de Bari.

O Padre Pio se divertiu também, exclamando com um grande sorriso: “Demos graças a Deus! Demos graças a Deus!”.

Fonte: ZAVALA, J. M. Padre Pio: os milagres desconhecidos do santo dos estigmas. São Paulo: Paulus, 2012.



PADRE PIO 'BILOCOU'* NOS ARES PRA DESVIAR OS AVIÕES E AINDA FALOU EM INGLÊS COM O GENERAL PROTESTANTE
Na cidade de Bari, na Itália, durante a II Guerra Mundial se encontrava a sede do Comando da Força Aérea Americana. Durante a guerra, muitos oficiais se dirigiam a San Giovanni Rotondo, para conhecer e ver o Padre Pio. Inclusive o general comandante foi protagonista de um episódio assombroso. Esse oficial americano quis levar um esquadrão de bombardeiros para destruir um depósito de material de guerra alemão, que se localizava próximo a San Giovanni Rotondo. O general disse: “Quando os aviões estavam próximos ao alvo, eles viram no céu um monge com as mãos erguidas, desviando os aviões. As bombas lançadas foram cair nos bosques, distante do lugarejo. Sem qualquer explicação, os aviões tinham mudado o percurso”. Todos se perguntavam quem era aquele monge que os aviões tinham obedecido. Alguém falou para o General que em San Giovanni Rotondo tinha um monge que fazia milagres. Ele então decidiu, assim que terminasse a guerra, ia verificar quem era o monge que eles tinham visto no Céu. Depois da guerra o General foi ao Convento dos Capuchinhos com alguns pilotos. Entrando na Sacristia encontrou vários monges e entre eles reconheceu imediatamente o monge que tinha parado os seus aviões: era o Padre Pio. O Padre caminhou ao seu encontro e ao chegar perto disse: "Então foi você que quis matar todos nós”? Iluminado pelo olhar e pelas palavras do Padre, o General se ajoelhou diante dele. Como de costume o Padre Pio falou no seu dialeto local, mas o General que mau falava o italiano, se convenceu que o monge tinha falado em inglês, porque entendeu perfeitamente as suas palavras. Este era mais um dos muitos dons que o Padre Pio possuía. Todos ficaram admirados, e o General e seus companheiros aviadores que eram protestantes, se converteram ao catolicismo.

*A Bilocação pode ser definida como a presença simultânea de uma pessoa em dois lugares diferentes. Muitos Santos da Igreja católica tiveram o carisma da bilocação. Padre Pio teve este carisma, na realidade várias testemunhas oculares o viram em lugares diferentes em bilocação.










As Lutas do Padre Pio com o demônio


Pio_da_Pietrelcina
O demônio após ter sido expulso do paraíso por São Miguel e seu anjos e sendo precipitado na terra (Apocalipse 12, 7-12) continua existindo; o seu papel ativo, não pertence ao passado e nem é uma fantasia popular. O diabo continua ativo hoje mais do que nunca, induzindo os homens ao pecado e a perdição. Baudelaire afirmava justamente que a principal atividade de Satanás, nos tempos de hoje é fazer com que as pessoas não acreditem na sua real existência e assim não rezem e nem peçam a proteção do alto. Com o caminho livre o inimigo faz desastres na humanidade sem ser percebido e combatido.

Mas Deus na sua infinita Misericórdia fez com que ele se mostrasse ao mundo revelando suas táticas de ataque sobre o homem como aconteceu com o padre Pio e outros santos.

Pe. Pio travou “duros combates” em toda sua vida, mostrando a humanidade o poder dado por Jesus aos sacerdotes em seu ministério sacerdotal sobre o inimigo, principalmente no sacramento da Confissão, na Santa Missa, nos exorcismos libertando as pessoas do inimigo. Tais batalhas foram brigas sangrentas, como foi escrito em muitas cartas que Pe. Pio enviava aos seus diretores espirituais.

As lutas entre Padre Pio e Satanás ficaram mais duras quando Padre Pio livrou as almas possuídas pelo Diabo. Mais de uma vez, falou ao Padre Tarcísio de Cervinara que, antes de ser exorcizado, o Diabo gritava: “Padre Pio você nos dá mais preocupação que São Miguel”e também: “Padre Pio, não aliene as almas de nós e nós não o molestaremos”.

“O diabo submeteu Padre Pio à tentações em todos os sentidos.
Padre Agostino confirmou que o diabo apareceu a ele de diferentes formas:“O diabo apareceu como meninas jovens que dançavam nuas, em forma de crucifixo, como um jovem amigo dos monges, como o Pai Espiritual, como o Padre Provincial, como Papa Pio X, como o Anjo da Guarda, como São Francisco e como Nossa Senhora. O diabo também apareceu nas suas formas horríveis, com um exército de espíritos infernais. Às vezes não havia nenhuma aparição, mas Padre Pio estava ferido, ele era torturado com barulhos ensurdecedores, cuspido etc.

Padre Pio teve sucesso livrando-se destas agressões ao invocar o nome de Jesus.

Uma noite de verão em que ele não conseguia dormir por causa do grande calor ouviu o barulho dos passos de alguém, que no quarto vizinho, caminhava para lá e para cá. “O pobre Anastásio não pode dormir como eu.”, pensou Pe. Pio. ” Quero chamá-lo, pois, pelo menos conversamos um pouco “. Ele foi até a janela e chamou o confrade mas sua voz permaneceu presa na garganta: no parapeito da janela vizinha, um monstruoso cão se apoiava. Assim contava o próprio Pe. Pio: “Vi horrorizado entrar pela porta um enorme cão feroz de cuja boca saia muita fumaça. Eu caí de bruços na cama e ouvi o que ele dizia: “é este, é este!”. Ainda naquela posição vi a fera pular sobre o parapeito da janela e de lá lançar-se sobre o telhado da frente para em seguida desaparecer.

Combate contra o maligno – parte 2

————————————————————————————– 
As lutas entre Padre Pio e Satanás ficaram mais duras quando Padre Pio livrou as almas possuídas pelo Diabo. Mais de uma vez, falou ao Padre Tarcísio de Cervinara que, antes de ser exorcizado, o Diabo gritava: “Padre Pio você nos dá mais preocupação que São Michael” e também: “Padre Pio, não aliene as almas de nós e nós não o molestaremos”. 
————————————————————————————–
 
Vejamos como o Padre Pio descreveu nas cartas que enviou aos seus diretores espirituais, as agressões do Diabo.

Carta para Padre Agostino, de 18 de janeiro de 1912. –
“… O Barba Azul não quer ser derrotado.” Ele chegou a mim assumindo todas as formas. Durante vários dias, vem visitar-me com seus espíritos infernais armados com bastões de ferros e pedras. O pior é que eles vêm com os seus próprios semblantes.  Várias vezes eles me tiraram da cama e me arrastaram pelo quarto. Mas Jesus, Nossa Senhora, o Anjo da Guarda, São José e São Francisco estão freqüentemente comigo.”

(PADRE PIO DA PIETRELCINA: Epistolario I° (1910-1922) a cura di Melchiorre da Pobladura e Alessandro da Ripabottoni – Edizioni “Padre Pio da Pietrelcina” Convento S.Maria delle Grazie San Giovanni Rotondo – FG)
————————————————————————————– 
 
Carta para Padre Agostino 5 de novembro 1912                       
Querido Padre, esta é a segunda carta, graças a Deus, e segue o mesmo destino da anterior. Eu estou seguro que Padre Evangelista já o informou sobre a nova guerra que os apóstatas impuros estão fazendo contra mim. Meu Padre, eles não podem vencer minha constância. Eu lhe informo sobre as armadilhas que eles gostam de me induzir me privando de suas orientações. Eu encontro nas cartas meu único conforto; mas para glorificarDeus e confusão deles, eu os agüentarei. Eu não posso explicar como eles estão me pegando. Às vezes eu penso que vou morrer. Sábado pensei que eles realmente queriam me matar, eu não sabia a que santo pedir ajuda; Eu me dirigi a meu Anjo da Guarda suplicando ajuda e depois de esperar longo tempo, finalmente ele voou ao redor de mim e com sua voz angelical cantou hinos a Deus. Então uma dessas cenas habituais aconteceu; Eu ralhei severamente porque ele tinha me feito esperar tanto pela sua ajuda, apesar de que o tinha chamado urgentemente, e por  castigo eu não quis olhar para sua face, eu queria que ele recebesse mais um castigo de mim e quis  escapar, ele me localizou chorando e me levou, até que o vi, encarei fixamente  e vi o que ele sentia. 
(PADRE PIO DA PIETRELCINA: Epistolario I° (1910-1922) a cura di Melchiorre da Pobladura e Alessandro da Ripabottoni – Edizioni “Padre Pio da Pietrelcina” Convento S.Maria delle Grazie San Giovanni Rotondo – FG)


Fonte: http://saopio.wordpress.com/
Publicado: http://www.arcanjomiguel.net


Comentários

  1. A cada vez que ouço falar do santo padre Pio mais amo o nosso Deus misericordioso por tantos dons concedidos a ele em sua vida e em seu sacerdócio. Amo mais a Maria mãe santíssima,ao meu Anjo da da guarda e a santo Pio que o sinto como o meu irmão querido irmão intercessor no céu. Louvado seja seja o nome do Senhor por sua vida!Santo padre pio rogai por nós a Jesus!

    ResponderExcluir
  2. Quero relatar aqui uma das muitas graças que recebi de Deus por intercessão de Santo padre Pio de Pietrelcina. Em Outubro de 2017 realizei meus exames ginecológicos de rotina.A médica disse-me que eu estava bem ,mas tinha uma feridinha no útero e um cisto no ovário direito,mas iria aguardar o resultado Papanicolau para realizar a cauterização,confesso que fiquei preocupada,mas confiei em Deus e passei a rezar mais intensamente a deus pedindo sua misericórdia.
    Quando retornei à médica para levar os exames tive a graça de saber que o Papanicolau estava normal graças a Deus não revelando nada de grave,porém uma angústia tomou conta do meu coração,uma vez que a minha Mamografia revelou Micro calcificações agrupadas na mama esquerda,então teria de realizar um novo exame para averiguar.Fiquei com muito medo,mas rezava muito,fiz com muita Fé Novenas ao Divino Pai Eterno,A Jesus Misericordioso,às Mãos ensanguentadas de Jesus,à virgem da Medalha Milagrosa e também ao Arcanjo Rafael,a Santo Pio e a São Peregrino pedindo incessantemente que intercedessem junto a Deus por mim para não fosse nada grave.Pesquisava sobre esse assunto mas acima de tudo orava,orava,orava.Li muitos testemunhos de graças e isso me fortalecia e acalmava. Por providência da Misericórdia de Deus uma amiga disse-me pra eu usar a medalha das Mãos ensanguentadas de Jesus,coloquei também a medalha
    de Mãe da Medalha Milagrosa dentro da minha roupa do lado onde eu iria realizar o exame,nesse tempo ainda a providência de Deus misericordioso eu havia adquirido o Livro virtual de São Pio " Crucificado por Amor" e nele comecei a ver as maravilhas que Deus tinha realizado na vida desse santo e continuava a fazer na vida das pessoas por sua intercessão. Senti que Deus falava comigo através dele,comecei a rezar com muito mais confiança animada e ajudada por sua intercessão junto à Maria Santíssima e a Jesus,amparada por meu anjo da guarda ao qual ele me ajudou a invocar como meu defensor dado por Deus.Ganhei força na Alma e alcancei a grande graça do meu Senhor e meu Deus de ao ver meus exames constatar que não havia nada de maligno na minha mama. Louvo,bendigo,adoro ,amo e glorifico o nome do Senhor por essa graça e por todas as bençãos recebidas através do seu coração bondoso e misericordioso pela intercessão da Virgem Maria,do Anjo da guarda e de São Pio de Pietrelcina do qual sinto o profundo amor de Deus e uma doce e forte intercessão em todos os momentos.
    Obrigada meu Deus! Obrigada mãezinha do céu,obrigada meu Anjo da guarda,obrigada Santo Pio! Amém!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário