quinta-feira, 27 de abril de 2017

As duas mães

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e atividades ao ar livre
São Pio de Pietrelcina foi um dos maiores santos do século XX. Foi um sacerdote piedoso, lutou contra o demônio, recebeu os estigmas e sua vida comoveu tantas pessoas que mais de 100 mil fiéis participaram de seu funeral.
Mas você sabia que ele teve uma visão mística momentos antes de sua morte?
Depois de ter celebrado com dificuldades sua última missa no dia 22 de setembro de 1968, o santo de 81 anos teve um colapso deixando a Igreja. Então, seus irmãos franciscanos o ajudaram e o levaram até sua cama.
Depois de meia-noite, se confessou pela última vez e renovou seus votos franciscanos. Estava tão débil que mal conseguia falar, mas foi capaz de repetir as palavras “Jesus, Maria” enquanto segurava seu terço.
Então, por volta de 2:30h da manhã de 23 de setembro melhorou um pouco. O santo que viveu numerosas experiências sobrenaturais durante sua vida, aparentemente viu algo ao seu redor, mas ninguém via nada de especial.
Padre Pio conseguiu dizer “Vejo duas mães. Maria…” e então morreu.
O que ele viu exatamente?
A respeito das “duas mães”, há poucas explicações. Ele poderia ter querido dizer que estava vendo a Virgem Maria, sua mãe espiritual, e sua mãe biológica. A Igreja também é “Mãe”, por isso que não está claro do que se tratava aquela visão.
E enquanto parece óbvio que sua última palavra, “Maria”, faz referência a Mãe de Deus, sua mãe biológica também se chamava Maria, pode-ser que também tenha se referido a ela.
De qualquer maneira, não é estranho um homem cuja vida esteve cheia de situações sobrenaturais, como seus famosos estigmas, termine sua vida terrena com uma visão mística.

São Padre Pio, rogai por nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE BLOG É DEDICADO À:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...