sábado, 22 de dezembro de 2012

QUEREIS SALVAR-ME, MAS MINHA IGNORÂNCIA NÃO SE IMPORTA!




Ó Deus de minha alma! eu vejo que quereis salvar-me por todos os meios. Meus pecados já me tinham perdido; eu me tinha condenado a mim mesma ao inferno; mas em vez de me enviardes a este lugar de tormentos, como eu merecia, me estendestes a vossa mão cheia de ternura, e não contente de me livrardes do inferno e do pecado, me tirastes, como por força, do meio dos perigos do mundo, para me colocar na vossa casa entre vossas esposas. Ó meu divino Esposo, eu espero ir para o céu, para lá cantar eternamente as grandes misericórdias que me fizestes. Como seria feliz, se nunca vos tivesse ofendido, ó meu Jesus! Ajudai-me agora que muitos vos quero amar, e fazer todo o possível para vos agradar. Vós nada poupastes para obter o meu amor, é justo que eu faça tudo para vos ser agradável. Vós vos destes a mim sem reserva, eu me dou também toda a vós. Sendo minha alma eterna, a vós me quero unir eterna; sendo o amor o vínculo que une a vós, eu vos amo. Eu vos amo, meu Salvador; eu vos amo, meu Redentor; eu vos amo, meu Esposo! eu vos amo meu único tesouro, meu único amor! eu vos amo, eu vos amo, e espero sempre vos amar. Vossos merecimentos são a única esperança.
Eu confio também inteiramente na vossa proteção, ó Maria, Mãe de meu Deus e minha Mãe! Vós me alcançastes o perdão, quando eu estava no pecado. Agora que estou na graça de Deus, como tenho confiança, e que tenho a felicidade de ser religiosa, pertence a vós obter-me a graça de me santificar. Assim o espero. Amém.

A VERDADEIRA ESPOSA
DE JESUS CRISTO

A Religiosa Santificada por meio das virtudes próprias do seu estado
Por Sto. Afonso Maria de Ligório
Doutor da Igreja



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE BLOG É DEDICADO À:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...