domingo, 11 de agosto de 2013

O tesouro do reino

Esta liturgia quer suscitar em nós o espírito de constante vigilância e serviço, tendo o coração voltado para Deus.O reino que ele nos oferece por meio de seu Filho é o verdadeiro tesouro que os ladrões não roubam nem a traça corrói. Com confiança e fé,celebremos em comunhão com os vocacionados para a vida em família, especialmente com nossos pais.

Jesus nos convida hoje a ajuntar um tesouro no céu e a fortalecer a fé no Deus que deseja dar-nos seu reino.
Se, diante da violência, da tragédia, da doença e da morte, o medo paralisa, a confiança em Deus faz ir além, pois ter fé é dar espaço para que Deus aja em nós e nos outros.
Esse reino que Deus quer nos dar, nós o vamos descobrindo já aqui, à medida que nos decidimos a agir de acordo com aquilo que o Mestre nos ensinou, à medida que nos decidimos a ajuntar um tesouro que não é dinheiro e não são bens materiais, mas ações de bondade que levamos para a eternidade.
E as palavras de Jesus nos levam a perguntar onde estará hoje o nosso coração. O coração, para o povo da Bíblia, representa o interior mais profundo, onde sentimos e sobretudo decidimos. Onde está o nosso coração? Que tipo de decisão tomamos no dia a dia? Que tesouro estamos construindo em nossa passagem por este mundo?
O tesouro de que Jesus fala é o próprio reino de Deus acontecendo em nós, quando agimos com fidelidade, na esperança do retorno definitivo do Senhor. Não podemos saber quando será nosso encontro definitivo com Deus, mas só com a lâmpada acesa da fé e preparados em atitude de serviço (rins cingidos) podremos abrir-lhe sem medo a porta de nossa vida quando for o momento.
E então o Senhor entrará e transforará nossa vida num eterno banquete, que ele mesmo servirá. Deus resgatará então nossos gestos de serviço, pequenos que sejam, e, mostrando-se mais uma vez, ele mesmo, servidor, nos tornará plenos com sua graça.
Até lá, o desafio é continuar vencendo o medo que nos deixa paralisados diante da violência e do mal no mundo: até lá, continuemos vigilantes, em atitude de serviço e doação da vida aos mais necessitados. Felizes seremos, então, pois o Senhor terá encontrado o tesouro do seu reino em nosso coração.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp sobre o evangelho deste domingo 11/08/2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE BLOG É DEDICADO À:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...