domingo, 26 de maio de 2013

A festa da comunhão

A solenidade da Santíssima Trindade é ocasião para celebrarmos a comunhão que existe em Deus, bem como a união que construímos na comunidade de fé.
No evangelho, Jesus havia acabado de falar aos discípulos sobre sua partida. Eles ficaram tristes, pois não tinham compreendido o sentido dessa partida. Jesus se entrega até a morte, para deixar com seus seguidores o Espírito da verdade.
É esse Espírito, presente no Filho e em nós, que nos permite continuar hoje a missão de Jesus. Mas o que significa dizer que o Espírito é verdade? A palavra "verdade" na Bíblia tem o sentido de "fidelidade". Isso quer dizer que somos verdadeiros ou falsos à medida que somos fiéis ou infiéis. Mas fiéis a quem e ao quê?
Fiéis ao próprio Jesus e à missão que ele veio revelar, revelando assim o próprio Deus.
Somente o Espírito da verdade, diz-nos Jesus, pode nos conduzir à plena verdade. Pois Deus, na comunhão e no amor de suas três pessoas, é um mistério que não conseguimos compreender plenamente. Dia a dia, animados pelo Espírito, construindo e vivendo relações de amor e fraternidade, podemos ir experimentando e compreendendo o amor de Deus, sendo fiéis àquele que nos mostrou plenamente o que significa amar.
O Espírito da fidelidade, portanto, permite-nos recordar hoje as palavras e ações de Jesus, de modo que também nós possamos falar e agir segundo o mesmo amor revelado pelo Filho. Pois o Espírito, sopro de Deus em nós, é movimento e transformação. E se o Espírito nos anima, a questão é como estamos sendo fiéis ao Deus que é comunhão de amor. Em outras palavras, como estamos construindo comunhão entre nós, ajudando os que estão na miséria e no esquecimento, acolhendo os que estão afastados ou excluídos. Afinal, nosso louvor ao Deus Trindade tem o tamanho exato da comunhão que nosso amor constrói.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE BLOG É DEDICADO À:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...